5 dicas na hora de escolher os óculos de grau

Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Escolher os óculos de grau não é uma decisão fácil, ao sair do consultório do médico oftalmologista com uma receita de óculos de grau pode ser uma boa novidade e também uma oportunidade de juntar o útil ao agradável: voltar a enxergar corretamente e ainda mudar o visual. Além dos óculos ajudarem a gente a enxergar corretamente, a estética da armação, é uma das dúvidas mais frequentes sobre qual modelo se adéqua melhor ao seu rosto.

Diante dessas dificuldades, reunimos algumas sugestões que podem facilitar muito a escolha desse acessório, de maneira que atenda suas necessidades, tanto na correção de grau quanto na harmonização entre seu rosto e o acessório. 

Veja logo abaixo, 5 dicas essenciais que irão ajudar você nessa escolha!

1. Respeite o formato do rosto 

Verificar o formato do seu rosto é extremamente importante, pois cada tipo pede um design específico para realçar traços e garantir um uso mais confortável. Por exemplo, rostos redondos pedem armações retangulares e com linhas retas, para deixá-lo mais fino.

Já os quadrados pedem armações arredondadas e menores para equilibrar as proporções. Enquanto um rosto oval combina mais com qualquer armação. Já para rostos triangulares, por sua vez, fica melhor uma armação de formato arredondado.

2. Defina o material das lentes 

A refração é a capacidade que a lente tem para mudar a direção do raio de luz para corrigir o foco, assim proporcionando uma visão mais nítida. Diante disso, na hora de escolher o material da lente para os seus óculos de grau, o principal aspecto a ser observado é exatamente essa característica que é própria de cada produto.

Existem diversas variedades de lentes em função do material utilizado para a sua produção, conforme falaremos a seguir:

  • Vidro 

As lentes de vidro, foram as primeiras fabricadas. Ainda hoje são confeccionadas, mas estão em desuso por serem muito frágeis, quebrando com muita facilidade.

  • Acrílico

 As lentes de acrílico são as mais procuradas por questão de sua leveza e boa durabilidade. 

  • Policarbonato

O policarbonato permite a confecção de lentes mais finas e resistentes, por isso é uma das mais indicadas para produção de óculos infantis.

  • Trivex 

As lentes Trivex são um tipo mais leve que proporciona melhor nitidez. Devido à sua alta resistência contra impactos e quedas, são mais recomendadas para esportistas e crianças.

  • Resina 

Por serem lentes com alto índice de refração, as lentes de resina são mais indicadas para quem tem um alto grau de hipermetropia ou miopia, já que a resina consegue garantir lentes mais finas para as pessoas com mais de 4 graus.

3.  Verifique quais funcionalidades fazem diferença para você 

Um fator importante de se lembrar é que cada lente, além de corrigir problemas de refração, oferece outras funcionalidades. Você pode optar por antirreflexo ou com proteção UV, por exemplo.

Essa são algumas maneiras de facilitar a sua adaptação aos novos óculos. Então, vale a pena levar esse detalhe em conta na hora da compra.

4. Escolha o material da sua armação 

Geralmente, a estética dos óculos no rosto fica por conta da preferência pessoal. Porém, a escolha do material para a armação dos óculos é um aspecto muito importante para durabilidade. Veja, logo abaixo, os tipos de armação e suas particularidades.

Armação de acetato

Sendo uma das mais comuns, elas apresentam grande resistência e flexibilidade, evitando assim deformações. Além disso, as armações de acetato são as mais indicadas para lentes espessas, protegendo-as melhor.

Armação metálicas

As armações metálicas são feitas de titânio, pelo fato de serem estreitas, são indicadas para lentes mais finas.

Armações emborrachadas

As armações emborrachadas, são mais comuns em óculos infantis por serem mais maleáveis e oferecerem um baixo risco de acidentes.

5. Fique atento com a proteção contra a luz de telas em aparelhos eletrônicos 

Existem dois tipos de luz azul: a turquesa, que é benéfica, e a azul-violeta, que é prejudicial para os olhos.

Esse tipo de luz é mais comum em aparelhos eletrônicos que usamos no nosso dia a dia, como:

  • Celulares;
  • Computador;
  • Tablets; 
  • Tv.

Além disso, ela também bloqueia a produção do hormônio melatonina, que é responsável pela indução do sono.

Por isso é muito importante utilizar óculos com filtro de luz azul, mesmo para as pessoas que não precisam de alguma correção de grau. A exposição prolongada a esse tipo de luz causa visão embaçada, fadiga ocular e dores de cabeça.

As lentes Blue Light, são conhecidas por proporcionarem a proteção UV400, antirreflexo digital e tratamento anti riscos. Além de proporcionar excelente nitidez, elas oferecem os seguintes benefícios:

  • Aumenta a produção de melatonina, o hormônio responsável pela regulação do sono;
  • diminui ou até mesmo elimina as dores de cabeça;
  • ajuda a evitar a síndrome do olho seco;
  • melhora a qualidade do sono;
  • previne a catarata e a degeneração macular;
  • reduz a fadiga ocular.

Como vimos, é necessário ficar atento com diversos aspectos na hora de escolher os seus óculos de grau. Além disso, procurar as especificações oftalmológicas, também é importante para considerar como o modelo da armação pode harmonizar com as linhas do rosto e o conforto que ele proporciona. 

Antes de comprar seus óculos, consulte um oftalmologista! Agende sua consulta conosco!

4.7/5 - (272 votes)