Como ocorre o daltonismo e como enxergam?

Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Você já deve ter se perguntado ou até mesmo ouvido falar sobre o daltonismo, aquela deficiência visual em que a pessoa não pode reconhecer e diferenciar algumas cores específicas. 

Neste post vamos te explicar como ocorre essa deficiência e como uma pessoa com daltonismo enxerga. Mas antes é necessário entender o que é o daltonismo.

Então vamos lá!

O que é o Daltonismo?

Como já dito logo acima, e uma deficiência visual em que o indivíduo não é capaz de reconhecer e diferenciar algumas cores específicas. O distúrbio recebeu este nome em homenagem ao químico inglês John Dalton, que estudou as características do daltonismo. Estudos realizados desde então determinaram que o olho humano é capaz de distinguir mais de 150 tons de cores diferentes, contudo esse número diminui aos daltônicos, pois eles não diferenciam suas misturas.

Veja abaixo os três tipos principais de daltonismo:

  • Protanopia

Sendo um tipo mais comum, é caracterizado pela diminuição ou ausência do pigmento vermelho. No lugar dele, o indivíduo acaba enxergando tons marrons, verde ou até mesmo cinza, mas em geral, varia de acordo com a quantidade de pigmentos que o objeto possui. Contudo esse tipo de daltonismo acaba fazendo o verde a parecer semelhante ao vermelho.

  • Deuteranopia

Uma pessoa que contêm esse tipo de daltonismo é capaz de distinguir a cor verde. Mas é semelhante ao que ocorre com a protanopia, os tons vistos são puxados para o marrom. Assim ao observar um objeto, é visto tudo em apenas uma cor, com uma pequena diferença de tonalidade.

  • Tritanopia

Sendo um tipo mais raro de daltonismo, ela interfere na distinção e reconhecimento das cores azul e amarelo. Uma pessoa com este tipo de visão não perde totalmente a noção do azul, mas o enxerga em tonalidades diferentes. Já o amarelo vira um rosa-claro. E não conseguem enxergar a cor laranja.

Como ocorre o daltonismo?

Sua causa é apontada por uma alteração genética hereditária ligada ao cromossomo sexual X, de forma que não tem cura e atinge mais homens, já que possuem somente um cromossomo X, enquanto as mulheres possuem dois, para que ocorra em mulheres, é preciso que haja alteração por parte de mãe e do pai. Estatísticas estimam que cerca de 8% da população mundial masculina e menos de 1% da população feminina portam o daltonismo. 

Como o portador enxerga?

Para explicarmos como o portador enxerga precisamos entender seu mecanismo e como funcionam. A retina é a parte do olho onde imagens são formadas e, posteriormente, transmitidas ao cérebro através do nervo óptico. Em uma retina normal, existem dois tipos de células sensíveis à luminosidade: os cones e os bastonetes.

Os bastonetes são responsáveis pela visão noturna e não são sensíveis à diferenciação de cor. Já os cones possuem três tipos: o tritan (azul), deuteran (verde) e o protan (vermelho), responsáveis pela visão diurna e a percepção das cores.

O portador enxergar com a percepção alterada de algumas cores. Principalmente do verde, vermelho e azul e das cores derivadas deles. Isso porque a discromatopsia, também conhecida como daltonismo, afeta células localizadas na nossa retina, chamadas de cones, que são as responsáveis por percebermos cada uma dessas cores.

Lembre-se!

É possível fazer um teste rápido de daltonismo para diagnosticar se você tem a doença ou não. Se você for pai ou mãe e notar que seu filho está confundindo as cores ou está com dificuldade para distinguir, principalmente vermelho e verde, procure um especialista para que sejam feitos os testes necessários.

Especialistas que podem diagnosticar o daltonismo são:

  • Clínico geral;
  • Oftalmologista;
  • Pediatra;
  • Neurologista.

O teste consiste em mostrar slides para o paciente com muitos pontos de cores primárias diferentes dispostos em fundos de cores semelhantes. Estes pontos formam números ou caminhos e são os que têm de ser identificados. Neste caso, os pacientes que sofrem de algum tipo de daltonismo não serão capazes de os reconhecer.

Se tiver alguma dúvida, basta entrar em contato conosco por aqui.
WeCreativez WhatsApp Support
Recepção
Recepção
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Faturamento
Faturamento
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Cirurgias
Cirurgias
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Exames
Exames
Acessível