Miopia: Como evitar sua progressão?

Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Diante de tanta exposição à tecnologia, muitos especialistas na área infantil orientam pais e responsáveis em relação à epidemia de miopia que vem ocorrendo no mundo todo. Por isso, no artigo de hoje vamos falar sobre a miopia e como evitar a sua progressão.

O que é a miopia?

A pessoa míope apresenta dificuldade em focar objetos que se encontram distantes de seus olhos. Sua visão percebe com clareza os objetos que estão próximos, mas os objetos que estão distantes ficam embaçados ou parecem estar fora de foco.

Por isso, um adulto míope vai necessitar de óculos para leitura mais tarde do que outras pessoas. Sua miopia compensará a necessidade de óculos nos primeiros anos de presbiopia, que é a dificuldade para focalizar objetos próximos. 

A presbiopia, também chamada de “braço curto”, é uma dificuldade para enxergar que está relacionada à idade, sendo sua causa o enrijecimento do cristalino, ação essa que ocorre a partir dos 40 anos de vida. 

Dentre os sintomas de miopia estão:

  • Aperto dos olhos para enxergar com nitidez
  • Visão embaçada de objetos distantes
  • Fadiga ocular

Uma curiosidade sobre a miopia é que ela pode ser de dois tipos. A corneana ou refracional e a axial.

Na corneana ou refracional o grau encontra-se na córnea. Dessa forma, no olho míope a imagem se forma antes da retina. Já na miopia axial o olho míope pode ter uma córnea normal, mas ter um comprimento axial (eixo) maior que o normal. Esse comprimento aumentado faz, também, a imagem se formar antes da retina.

Causas da Miopia

A miopia tem principalmente causa genética, mas sabemos atualmente que há vários fatores ambientais e comportamentais que podem levar ao desenvolvimento desse erro.

Estudos realizados em diversas partes do mundo dão conta que crianças que passam muitas horas em eletrônicos apresentam um risco aumentado de desenvolver problemas como a miopia e a síndrome do olho seco, uma doença que até então só acometia adultos.

 A criança fica tão focada na atividade, que acaba piscando com menos frequência. Além disso, esses estudos têm demonstrado que atividades em ambientes fechados e com foco para perto podem estimular o desenvolvimento e a progressão da miopia em pessoas geneticamente predispostas.

O fato é que a miopia não para de crescer! Estima-se que em 30 anos, metade da população mundial será míope. Atualmente a prevalência de miopia pode chegar a 90% em estudantes que concluem o ensino médio em países como China e Coreia do Sul.

Como evitar a progressão da miopia?

Contra os fatores genéticos, ainda não existem maneiras de prevenção. Mas diante de todos os estudos mostrando a influência do ambiente sobre a miopia, podemos sim tomar medidas que ao menos reduzem a chance e velocidade de progressão. 

Sabemos que quanto maior o tempo gasto em atividades em ambientes externos, menor o risco de progressão e desenvolvimento desse erro refrativo. Portanto, crianças e adolescentes devem ser limitados quanto ao uso de eletrônicos e leitura em detrimento de atividades outdoor.

Como tratar a miopia?

Todo caso de miopia pode e deve ser tratado. Dentre os tratamentos disponíveis estão o uso de óculos, lentes de contato ou mesmo cirurgia refrativa a laser. Mas, mesmo tratando a miopia, o alongamento do globo ocular permanece. Esta alteração estrutural aumenta a chance de outros problemas, como por exemplo, o descolamento de retina. 

Por isso, em especial quando se trata da população infantil, que ainda se encontra em crescimento, é fundamental trabalharmos nos meios comportamentais! Para a miopia, jogar bola é com certeza melhor do que os jogos no iPad!

Notando qualquer sinal dos relatados acima, entre em contato com a equipe de oftalmologistas da Pró-Visão imediatamente, quanto antes detectada a miopia, maiores as chances de evitar significativamente a sua progressão.