Como identificar se seu filho está com dificuldade para enxergar?

Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Quando se trata de criança, a nossa atenção deve ser redobrada, afinal de contas, elas não sabem identificar exatamente quando um problema de visão ocorre e muito menos as consequências.

A visão é o sentido mais importante para o desenvolvimento físico e cognitivo da criança, e avaliar como está a visão do seu filho é primordial para evitar problemas futuros.

Os três primeiros meses de vida da criança são considerados o período crítico. Entre os 2 e os 3 anos de idade, a criança atinge a visão do adulto. Dos 7 aos 9 anos, o desenvolvimento visual está completo.

É mais difícil tratar o que chamamos de ambliopia, popularmente conhecida como “olho preguiçoso”, depois dessa idade.

Existem algumas pistas que permitem ao médico oftalmologista identificar problemas na criança logo nos primeiros meses de vida. O teste do Reflexo Vermelho, por exemplo, deve ser realizado pelo pediatra no berçário e repetido aos 30 dias.

A partir do primeiro ano de idade até os 3 anos, deve-se avaliar alterações da transparência dos meios ópticos do olho e, dessa maneira, detectar a presença de catarata e glaucoma congênitos.

Os pais, por sua vez, devem ficar atentos a qualquer dificuldade que a criança apresentar ao enxergar, pois todo comportamento que a criança apresente com dificuldade deve ser averiguado pelo médico oftalmologista.

Vamos exemplificar: preste atenção se o seu filho apresenta algum desinteresse por leitura, se é muito disperso, se ele se aproxima muito os livros para enxergar melhor e se costuma apertar os olhos para ver com nitidez. E vale questionar a criança com relação a certas dificuldades, o diálogo é imprescindível.

A visão ideal é essencial para o processo de aprendizagem. Muitas pessoas não percebem quantos problemas a visão deficiente pode causar às crianças em idade escolar. Portanto, é importante estar ciente da saúde geral dos seus filhos e do que você pode fazer para protegê-los.

Sinais de que seu filho pode precisar de óculos:

Abaixo, listamos alguns sinais que indicam que seu filho pode estar com problemas de visão e precisar de óculos:

Apertar os olhos: apertar os olhos pode ser um sinal de que seu filho tem um erro de refração, o que afeta o quão bem os olhos se concentram em uma imagem. Ao apertar os olhinhos, seu filho pode melhorar temporariamente o foco e a clareza de um objeto, mas é incômodo para ele.

Inclinar a cabeça ou cobrir um olho: se seu filho pode cobrir um olho ou inclinar a cabeça para ajustar o ângulo de visão, na tentativa de aumentar a clareza, pode ser um erro de refração. Isso pode ser uma indicação de que os olhos estão desalinhados ou que seu filho tem ambliopia, também conhecida como olho preguiçoso, que é um dos distúrbios oculares mais comuns em crianças.

Sentar muito perto da televisão ou segurando dispositivos de mão muito perto dos olhos: sentar-se muito perto da televisão, segurando os dispositivos portáteis muito perto dos olhos ou abaixando a cabeça durante a leitura são todos possíveis sinais de visão deficiente, prejudicando a saúde ocular.

Esfregar os olhos excessivamente: a fricção excessiva dos olhos pode indicar que o seu filho está com fadiga ocular ou tensão. Isso pode ser um sinal de muitos tipos de problemas e condições da visão, incluindo conjuntivite alérgica.

Queixar-se de dor de cabeça ou dor ocular:  se o seu filho se queixar de dor nos olhos ou dores de cabeça no final do dia, ele ou ela pode estar exagerando nos olhos, em um esforço para aumentar o foco da visão turva.

Dificuldade em se concentrar no trabalho escolar: como as crianças precisam adaptar rápida e precisamente seu foco visual de distante a próximo e em vários objetos diferentes, desde lousas e computadores a livros-texto e tablets, os problemas de visão podem se manifestar como falta de foco no trabalho escolar.

Visitar regularmente um oftalmologista previne condições da saúde ocular prejudiciais ao seu filho. É importante entender a saúde dos olhos para reconhecer os sinais de que seu filho pode ter um problema de visão e possivelmente precisar de óculos.