O estrabismo tem cura?

Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

O estrabismo é uma condição que afeta o desequilíbrio nos músculos oculares, que faz com que os olhos não fiquem no mesmo ponto ao mesmo tempo. Nas pessoas que nascem com essa condição, chamamos de estrabismo congênito; já para aquelas que desenvolvem quando crianças ou adultos, esse distúrbio ocorre por problemas neurológicos ou traumas que ocorrem ao longo da vida.

Mas a pergunta que queremos explorar é: o estrabismo tem cura?

Sim, tem cura. Por meio de tampão, exercícios oculares, toxina botulínica (botox), óculos de grau e em alguns casos a cirurgia. Tudo depende do tipo de estrabismo que o paciente possui, por isso é importante passar por um profissional para saber qual o tratamento correto em cada caso.

Quanto mais cedo o diagnóstico, melhor os resultados. Se ocorrer a observação e o tratamento na infância, o quadro pode ser revertido com eficácia, e caso exista um histórico na família, é melhor que haja consultas regulares.

Tipos de Estrabismo

  • Estrabismo convergente – desvio ocular para dentro;
  • Estrabismo divergente – desvio ocular para fora;
  • Estrabismo vertical – desvio ocular para baixo ou para cima;
  • Estrabismo paralítico – desvio ocular variável;
  • Estrabismo intermitente – desalinhamento da labilidade muscular;
  • Estrabismo acomodativo – ocorre o estrabismo convergente ou erro refrativo;
  • Estrabismo latente – ocorre a obstrução do olho;
  • Estrabismo pseudo estrabismo – ocasiona o falso estrabismo (parece que há o desvio ocular, mas na verdade não existe apenas um falso desvio).

Principais Causas

Os casos de estrabismo podem aparecer por diversas causas, seja ela congênita ou de uma má formação dos nervos oculares e cerebrais. Adultos que apresentam essa condição surgem de problemas causados como AVC, traumas, paralisia cerebral, cataratas, tireoide, diabetes e doenças infecciosas.

Sintomas de estrabismo

As pessoas podem apresentar sinais e sintomas diferentes, mediante os tipos de estrabismo. Os sintomas frequentes são:

  1. Olhos que não se alinham na mesma direção;
  2. Percepção de profundidade (estereopsia);
  3. Movimentação dos olhos descoordenadas;
  4. Visão dupla (diplopia);
  5. Olhos cruzados. 

Por que tratar o estrabismo?

Em geral, no estrabismo um dos seus olhos faz todo o trabalho de assumir a visão, quando um deles deixa de fazer sua função como um todo. A adaptação mostra para o seu cérebro que apenas um deles enxerga, fazendo com que o olho que não é usado fique cada vez mais fraco e debilitado, ocasionando a perda total da visão.

Além de muitas pessoas se preocuparem com a estética, muitas delas preferem fazer tratamento e cirurgia para garantir seu bem-estar e qualidade de vida.

Por isso, se você possui alguma condição, seja ela congênita ou que surgiu ao longo do tempo, procure um profissional especializado. E a Pró-Visão garante essa especialidade, com qualidade e excelência!

Venha conhecer a Pró-Visão! 

Nós garantimos agilidade e qualidade nos atendimentos e consultas, com equipamentos eficientes e profissionais especializados para cuidar de você e da saúde dos seus olhos.

Utilizamos de altas tecnologias, para atender pacientes de todas as idades. Contando com uma equipe técnica de excelência, principalmente no corpo clínico que está sempre em busca de atender as necessidades de todos os pacientes!

Venha nos conhecer e marque sua avaliação.Fale conosco!

Rate this post