O que é blefarite?

Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

A blefarite nada mais é do que uma inflamação das pálpebras. Se caso apresentar dor nas pálpebras, avermelhadas e cílios crostosos, pode ser blefarite, condição ocular que prejudica as pálpebras.

A inflamação palpebral é muito comum em pacientes mais novos, em relação aos mais velhos e felizmente, o oftalmologista pode prescrever um tratamento eficaz da blefarite que pode limitar a inflamação palpebral antes que ocorram danos mais sérios aos seus olhos ou pálpebras.

Existem diversas causas possíveis de blefarite, elas são:

  •     Infecção palpebral bacteriana;
  •    Disfunção da glândula meibomiana;
  •     Olhos secos;
  •    Infecção fúngica das pálpebras;
  •     Parasitas (ácaros de cílios);

Blefarite e olhos secos ocorrem frequentemente ao mesmo tempo, causando confusão se o olho seco causa blefarite ou blefarite causa olho seco, portanto, faz-se necessário visitar o oftalmologista para exames mais específicos.

Isso acontece com tanta frequência que alguns médicos oftalmologistas acreditam agora que essas duas condições podem ser parte de um único problema ocular crônico chamado síndrome da blefarite do olho seco.

Sintomas de blefarite:

Os sintomas mais comuns da blefarite são:

  •      Olhos ardentes ou ardentes;
  •      Restos crocantes na base dos cílios;
  •      Olhos lacrimejantes e irritados;
  •      Coceira nas pálpebras;
  •      Sensação de corpo estranho nos olhos;

E dependendo da gravidade dessa condição, o paciente pode apresentar alguns ou todos esses sintomas, que ainda podem ser intermitentes ou constantes. Em alguns casos, a blefarite também causa perda de cílios.

Blefarite também é uma causa comum de desconforto de lentes de contato, forçando muitas pessoas a desistir de usá-las.

Tratamento de blefarite:

O tratamento da blefarite deve primeiramente inicia com uma visita ao oftalmologista para determinar a causa da inflamação palpebral. O médico irá examinar os seus olhos e pálpebras para avaliar se tem blefarite e determinar que tipo de tratamento de blefarite é mais apropriado.

Existe uma teoria de que o olho seco é simplesmente a manifestação tardia da blefarite, e o tratamento da blefarite também previne, reduz ou elimina os sintomas do olho seco.

A condição geralmente está associada a um supercrescimento de bactérias que vivem ao longo das margens das pálpebras e na base dos cílios. Com o tempo, essas bactérias se multiplicam e criam uma estrutura chamada biofilme.

Este biofilme torna-se um ambiente tóxico – como se fosse a placa que se forma nos dentes. Os ácaros parasitários chamados Demodex alimentam-se do biofilme, o que, por sua vez, leva a um crescimento excessivo desses ácaros, o que causa um agravamento da inflamação palpebral.

As bactérias no biofilme da pálpebra também produzem substâncias chamadas exotoxinas que causam inflamação das glândulas secretoras de óleo nas pálpebras, chamadas glândulas meibomianas. Isso causa uma condição chamada disfunção da glândula meibomiana, que causa (e agrava) o desconforto do olho seco.

A blefarite também está freqüentemente associada a condições de pele, como rosácea ocular, eczema, caspa e psoríase. E muitas vezes, blefarite e olho-de-rosa ocorrem ao mesmo tempo.

Uso de lentes de contato ou óculos:

Se você desenvolver blefarite ao usar lentes de contato, você deve interromper o uso das lentes até que a blefarite tenha sido tratada com sucesso.

Usar lentes quando você tem inflamação nas pálpebras pode resultar em mais bactérias e outros detritos grudando nas lentes e causando doenças oculares potencialmente mais sérias.

Depois que sua blefarite tiver sido tratada com sucesso, você poderá retomar o uso de lentes se essa for sua preferência. Se o paciente atualmente usa lentes de contato reutilizáveis, considere trocar para contatos descartáveis ​​diários que podem ter um risco menor de problemas relacionados à blefarite.

Consulte um oftalmologista frequentemente e mantenha seus exames em dia.

Se tiver alguma dúvida, basta entrar em contato conosco por aqui.
WeCreativez WhatsApp Support
Recepção
Recepção
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Faturamento
Faturamento
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Cirurgias
Cirurgias
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Exames
Exames
Acessível