O que é Irite? Sintomas, causas e tratamentos

Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

A Irite é uma condição também conhecida como uveíte anterior, trata-se uma inflamação interna do olho que afeta principalmente esta área, e pode gerar vermelhidão do globo ocular, dor, sensibilidade à luz, lacrimejamento e visão turva.

Nos casos em que esta inflamação afeta tanto o corpo ciliar como a íris, é identificada como iridociclite.

Quando a inflamação ocular ocorre na parte posterior do olho é chamada de uveíte posterior. A uveíte posterior é um problema grave que pode levar a uma perda significativa da visão, especialmente em casos de envolvimento macular devido a inflamação ou edema macular cistóide.

Em qualquer dos casos é recomendado realizar urgentemente um check up ocular com urgência. 

Causas

Essa patologia costuma afetar pessoas entre 20 e 50 anos, mas também pode ocorrer em crianças.

As causas da Irite são diversas, entre as mais comuns estão:

  • Trauma ocular ou queimadura química no olho;
  • Doenças auto-imunes;
  • Distúrbios inflamatórios da coluna vertebral ou inflamação das articulações e tendinite;
  • Infecção ocular por vírus, parasitas ou bactérias;
  • Predisposição genética: embora possa ocorrer em ambos os sexos, é mais frequente nas mulheres.

É importante salientar que, em dois terços dos casos, a origem da patologia não é conhecida.

Sintomas 

Os principais sintomas são dor, vermelhidão, visão turva, visão alterada, aumento da produção de lágrimas e sensibilidade à luz ou fotofobia.

Além disso, a íris torna-se opaca e as pupilas ficam mais pequenas. A córnea e o cristalino podem, por vezes, ser alterados. Às vezes, há edema da pálpebra superior, e os movimentos do globo ocular são dolorosos.

Quando devo ir ao médico?

No caso de sintomas como dor ocular ou olhos vermelhos, o médico deve ser consultado imediatamente. A sensação de corpo estranho no olho ou visão reduzida também deve ser verificada imediatamente por um oftalmologista. Porém, por vezes, a doença pode ser assintomática, o que torna a visita regular a uma clínica oftalmológica essencial.

Grupos de risco 

As pessoas com borrelia ou clamídia são particularmente suscetíveis ao desenvolvimento da Irite. Os pacientes com doenças reumáticas ou autoimunes também pertencem ao grupo de risco e devem consultar imediatamente um oftalmologista caso apresente qualquer sintoma.

Tratamento e Diagnóstico

A Irite deve ser tratada imediatamente para evitar danos irreversíveis a saúde ocular do paciente. O tratamento depende da gravidade da inflamação. O objetivo é acabar com a inflamação, aliviar a dor e prevenir lesões oculares ou até mesmo perda de visão.

O tratamento da irite envolve a administração colírios anti-inflamatórios ou pomadas sem cortisona, entre outros. A consulta com o oftalmologista indicará o melhor tratamento para o paciente.

Para facilitar a cicatrização, recomenda-se também uma higiene ocular impecável. O olho afetado deve ser protegido de irritantes como poeira, calor e luz solar. Limpe os olhos regularmente e remova quaisquer resíduos que afetem a área inchada.