O que são fotopsias e quais são suas causas?

Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Algumas pessoas que em algum momento de suas vidas tiveram a sensação visual de brilhos ou pontos de luz em seu campo de visão quando, por algum motivo, esfregam os olhos ou os apertam com força. 

Também é possível ter essas sensações visuais com os olhos fechados, por isso muitas vezes as pessoas que as percebem ficam preocupadas e nos procuram perguntando sobre.

Embora geralmente esses pontos de luz não sejam motivo de alarme, eles representam uma causa frequente de consultas oftalmológicas. Esses tipos de flashes de luz são conhecidos como Fotopsias e, neste artigo, falaremos sobre o que são, suas causas e seu possível tratamento.

O que são as Fotopsias?

Fotopsias nada mais são do que esses flashes de luz, que no jargão médico são chamadas de fotopsias ou fosfenos oculares e são causadas por uma pressão exercida na retina que permite que os fotorreceptores sejam ativados e, portanto, geram os flashes de luz que as pessoas, especialmente com idade um pouco mais avançada, geralmente percebe.

Uma definição mais detalhada de fotopsias baseia-se em explicar que essa pressão é gerada pelo que é conhecido como humor vítreo, que cobre uma grande parte interna do globo ocular e cujo movimento dentro de sua cavidade exerce pressão na área vítreo-retiniana o que resulta na percepção dessa luminosidade.

Ao definir as Fotopsias, também é válido ressaltar que essas alterações degenerativas do humor vítreo surgem principalmente com a idade e, embora sejam sintomas que a maioria das pessoas experimenta ao longo da vida, geralmente os fosfenos oculares são mais perceptíveis a partir dos 55 anos.

Causas da Fotopsia

É possível citar vários fatores que podem causar a Fotopsia, algumas não devem gerar nenhum tipo de preocupação, enquanto outras requerem uma consulta imediata com o oftalmologista para analisar e descartar qualquer outra implicação que possa estar associado a doenças mais graves.

Uma das causas mais comuns da Fotopsia são inchaços nos olhos. Esses tipos de situações podem ter gravidade variável, dependendo da intensidade do trauma, mas, como regra geral, não representam um perigo para a saúde ocular.

Por outro lado, as Fotopsias podem estar associadas a algumas patologias como por exemplo, a enxaqueca com aura. Neste caso, há uma dor de cabeça aguda precedida por flashes de luz. 

Outras causas de Fotopsias podem ser mais graves mais graves e surgem associadas a alguma outra patologia, como o descolamento de retina, possíveis inflamações no nervo óptico e condições neurológicas, como infarto cerebral. 

Todas essas condições, de uma maneira ou de outra, produzem esses flashes luminosos que podem ser percebidos nos olhos entre abertos ou fechados.

Tratamento

De acordo com a causa, alguns estão isentos de tratamentos porque não são gerados por nenhuma patologia ou apresentam um problema para a saúde ocular do paciente. 

No entanto, se for enxaqueca com aura, um tratamento farmacológico será suficiente para reduzir sua ocorrência ou, em casos mais graves, sua intensidade, sem deixar de lado a necessidade de mais estudos que permitam determinar as causas profundas da enxaqueca

No caso de descolamento de retina, pode ser necessária a realização de uma cirurgia a laser para fazer a correção. Por isso é necessária que, identificando os sinais descritos nesse artigo, procure imediatamente um oftalmologista. Sua visão agradece.