Principais dúvidas sobre a cirurgia da catarata

Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Muitas pessoas ainda têm questionamentos sobre catarata e ao chegar a uma certa idade, a partir dos 60 anos, esses questionamentos aumentam, visto que a cirurgia de catarata ocorre na terceira idade.

Existem crenças que toda pessoa ao envelhecer terá catarata. No entanto, há pessoas que nunca precisarão se preocupar com isso.

A alteração em nossos olhos inicia por volta dos 30 anos, a lente começa a mudar gradualmente em espessura, cor e flexibilidade.

À medida que envelhecemos, a lente fica mais amarela, depois marrom e inflexível. É nesse estágio que começamos a chamar de catarata.

O aumento da dificuldade com tarefas diárias, como dirigir à noite ou ver a televisão, por exemplo, pode ser o início e algo mais sério na saúde ocular, portanto, procurar um médico oftalmologista e realizar os exames necessários para decisão de remover essa lente é essencial. A decisão por sua vez é feita entre o médico e o paciente.

Exames oftalmológicos regulares, realizados a cada ano ou a cada dois anos, dependendo da sua idade, são a melhor maneira de diagnosticar esse problema. A importância de um bom exame oftalmológico regular não pode ser subestimada.

Ainda precisarei de óculos após a cirurgia?

Depende de qual tipo de cirurgia o médico opta por fazer, de acordo com a real necessidade de cada paciente. Existe o monofocal e o multifocal. O monofocal, a sua visão de distância poderá ser restaurada, mas provavelmente você ainda precisará de óculos ou óculos bifocais após a cirurgia para corrigir a forma do olho (astigmatismo) e / ou visão de perto.

Os multifocais são a escolha certa se você valoriza a distância e a visão de leitura, mas não se importa com a visão de distância. Além disso, a cirurgia de catarata a laser pode corrigir o astigmatismo e dar a você a possível visão corrigida sem correção.

Quais são os riscos da cirurgia de catarata?

Naturalmente, todos os procedimentos cirúrgicos envolvem algum risco. No entanto, o uso especializado de tecnologia microcirúrgica eficaz, anestésicos locais e implantes modernos oferecem a cirurgia mais segura e conveniente possível.

De qualquer forma, os pacientes que passam por cirurgias como essa podem despreocupar-se pois não precisam mais enfrentar o medo, a inconveniência e o desconforto que acompanharam o procedimento anos atrás.

Quais são os sintomas?

Tratando-se dos sintomas da doença, aqui estão alguns sintomas de catarata a serem observados:

  • Visão nublada, turva ou fraca;
  • Aumento da dificuldade de visão à noite;
  • Sensibilidade à luz e brilho;
  • Necessidade de luz mais brilhante para leitura e outras atividades;
  • Mudanças frequentes na prescrição de óculos ou lentes de contato;
  • Desbotamento de cores;

Apenas o médico oftalmologista deve determinar se esses sintomas são realmente causados ​​por uma catarata ou por algum outro problema ocular que possa precisar de tratamento.

Faça uma consulta para um exame oftalmológico se notar alguma alteração na sua visão. Se o paciente desenvolver alterações repentinas da visão, como visão dupla ou flashes de luz, dor ocular ou dor de cabeça súbita, consulte seu médico imediatamente.

O que acontece se não operar a catarata?

A visão fica cada vez pior. A catarata pode, inclusive, levar à cegueira. Quanto mais cedo iniciar o tratamento, melhor será.

É possível evitar a catarata?

Não existe nenhum método efetivo para evitar a opacificação do cristalino com o passar da idade, mas algumas dicas podem ajudar a retardar o aparecimento da catarata e prolongar a saúde da visão. É recomendável, ao longo de toda a vida: não fumar, manter uma dieta balanceada que inclua frutas e vegetais, cuidar bem de outras doenças, como o diabetes, e proteger os olhos, usando óculos escuros com proteção contra os raios ultravioletas.

Preciso esperar a catarata “amadurecer” para então operar?

Isso é coisa do passado. Graças aos avanços da medicina, que tornaram o procedimento muito mais seguro aos pacientes, a cirurgia de catarata é indicada sempre que a doença interferir nas atividades diárias de qualquer pessoa.

Há limite de idade para operar?

O único impedimento é a presença de problemas de saúde graves. Mas isso deve ser avaliado individualmente. A idade em si não representa contraindicação.

O tempo de recuperação após a cirurgia é demorado?

O pós operatório da cirurgia de catarata é bem tranquilo. Não fica internado, não precisa fazer dieta especial, não precisa evitar ler ou assistir jornal. Só terá que usar colírios prescritos de forma correta e evitar coçar os olhos.

A catarata é hereditária?

A catarata congênita pode sim ser hereditária, já a catarata senil, não. Faz parte do processo normal de senilidade ocular. No entanto, a velocidade de envelhecimento e da opacificação do cristalino pode depender de características hereditárias.

A catarata pode voltar?

Não. Entretanto, meses ou anos após a cirurgia pode ocorrer uma opacificação da cápsula posterior, localizada atrás da lente intraocular, sendo tratado com aplicação do yag laser na clínica, não necessitando internamento.

Agende uma consulta hoje mesmo conosco, os médicos especialistas da clínica oftalmológica Pró-Visão estão te esperando.