Saiba tudo sobre o pós-operatório de cirurgia de descolamento de retina

Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

A cirurgia de descolamento de retina é cada vez mais feita no Brasil e no mundo. Como o próprio nome sugere, esse procedimento é feito para corrigir (ou diminuir) um descolamento de retina, que é considerado uma urgência médica.

Porém, neste post falaremos sobre o pós-operatório de cada um dos diversos tipos de cirurgia de descolamento de retina. Confira:

Antes, é importante dizer que todas essas cirurgias possuem alguns cuidados essenciais em comum:

  • Não dirigir;
  • Tomar os medicamentos prescritos pelo médico;
  • Evitar a prática de exercícios físicos e carregamento de peso;
  • Caso o gás tenha sido utilizado, não viajar em aviões, pois pode ocorrer uma pressão ocular;
  • Obedecer o prazo para a consulta de retorno com o seu médico para observar a evolução da cicatrização; 
  • Movimentos oculares rápidos devem ser evitados;
  • Repouso (exceto Fotocoagulação). O tempo varia de acordo com o tipo de cirurgia.

Retinopexia Pneumática

A Retinopexia Pneumática (https://provisaomacapa.com.br/entenda-como-funciona-a-cirurgia-retinopexia/ ) é uma das cirurgias de descolamento de retina mais complexas, ou seja, os cuidados são diversos:

  • É necessária a volta ao hospital já no dia seguinte, para observar a evolução do tratamento;
  • Não se pode ter contato com pessoas (em uma aglomeração) e animais;
  • Locais com alta concentração de poeira devem ser evitados;
  • Maquiagem é permitida, desde que não chegue perto dos olhos.

Vitrectomia

A Vitrectomia, (https://provisaomacapa.com.br/conheca-a-vitrectomia/ ) embora seja uma cirurgia de descolamento de retina, não necessita de repouso imediato do paciente.

  • Tapa-olho (Não é necessário em todos os casos, consulte o seu médico antes de usá-lo);
  • Por se tratar de uma bolha de gás ou óleo de silicone inseridos no olho, é preciso posicionar a cabeça (orientado pelo médico), com o objetivo de fazer a bolha ou o líquido preencherem todo o globo ocular.

Faixa Escleral

A Faixa Escleral é colocada para pressionar a esclera até o rasgo/ ruptura da retina. Das citadas, é a mais diferenciada das cirurgias de descolamento de retina. E os cuidados são:

  • Durante o dia, uso de óculos escuros. À noite, um tapa-olho se faz necessário;
  • Caso uma Vitrectomia tenha sido feita como parte do procedimento, é necessária a elevação da cabeça no momento em que o paciente for dormir.

Fotocoagulação a laser

A Fotocoagulação (https://provisaomacapa.com.br/fotocoagulacao-de-retina/ ) é feita para suturar o ferimento da retina. Porém, é geralmente acompanhada de outra cirurgia e, por isso, os cuidados variam entre todos os citados mais acima. Nem mesmo o repouso é essencial em todos os casos.

Lembre-se que todas essas cirurgias podem conter também complicações pós operatórias, que devem ser observadas sempre com seu médico oftalmologista. 

Caso sinta alguma dor ou desconforto, ou se quiser saber mais sobre essas e outras cirurgias, contate a Pró-Visão!